DEBATE SOBRE PEC 55 REUNIRÁ LÍDERES SINDICAIS E PROFISSIONAIS NA CÂMARA

jorgecomissJorge Bernardi: "As mudanças são tão drásticas e importantes, que precisamos discuti-las muito antes que elas sejam promulgadas pelo governo".

 

O debate da PEC 55, que a Câmara Municipal de Curitiba fará nesta quarta-feira (07), coordenado pelo vereador Jorge Bernardi (Rede), deverá reunir alguns dos principais líderes sindicais e de movimentos sociais do Paraná.  Previsto para começar às 14 horas, no auditório do anexo II da Câmara, o debate, que é aberto ao público, pretende esclarecer os principais pontos da Emenda Constitucional que imporá severas restrições orçamentárias para os próximos 20 anos em todo País, principalmente nas áreas sociais. Organizado por Bernardi, o encontro conta com o apoio da Federação das Mulheres do Paraná.

Já confirmaram presença e deverão compor a mesa do debate os seguintes líderes:

Luiz Carlos Silva de Oliveira - Presidente da FESMEPAR

Eduardo André Cosentino - Representante do CORECON/PR

Dra. Clair da Flora Martins - Representante do Núcleo PR Auditoria Cidadã da Dívida

Alzimara Bacellar - Presidente da Federação das Mulheres do Paraná

Luiz Carlos de Jesus Andrade - Presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo do Município de Curitiba.

O que é a PEC 55?

A PEC(Proposta de Emenda Constitucional) 55 impõe uma severa redução nos gastos com educação e saúde, os únicos da proposta que exigem uma mudança da Constituição. Com as mudanças propostas pelo governo do presidente Michel Temer, haverá grande impacto sobre a parcela mais pobre da população e estímulo aos negócios privados nas duas áreas. "É uma emenda que empobrecerá ainda mais o Brasil", diz o vereador Jorge Bernardi.  Já a presidente da Federaçaõ das Mulheres do Paraná, Alzimara Bacellar, acrescenta: "É uma das medidas mais drásticas já adotadas em nosso País contra os trabalhadores e a população mais pobre". 

Confira no quadro o que vai mudar com a aprovação da PEC 55:

PEC55

Mais Lidas