BERNARDI APRESENTA SUGESTÃO PARA MANTER A OFICINA DE MÚSICA

jorge merendaO vereador Jorge Bernardi apresenta sugestão para que a Oficina de Música de Curitiba não seja cancelada e nem adiada. (Foto: Chico Camargo)

O vereador, Jorge Bernardi (REDE) subiu à tribuna da Câmara Municipal, nesta segunda (05), para propor uma solução que acaba com o impasse envolvendo a realização da Oficina de Música de Curitiba, em janeiro. “É só o novo prefeito que não nomear os 307 cargos em comissão que existem na Secretaria de Governo, isso dará uma economia de mais de 40 milhões de reais por ano”, afirmou.

Bernardi, líder da oposição, pediu, ainda, para que prefeito em final de mandato e o prefeito eleito conversem para não romper com a tradição que é a Oficina de Música de Curitiba. "São 35 edições seguidas que dão vida ao mês de janeiro, quando a cidade para por causa das férias", acrescentou o vereador. E concluiu fazendo uma advertência: “Tirar o festival é tirar uma tradição que traz milhares de estudantes para Curitiba e que movimenta culturalmente e economicamente a cidade”.

O prefeito eleito, Rafael Greca (PMN), informou no dia (2), sexta-feira, que teria pedido ao prefeito atual (Gustavo Fruet) o cancelamento da 35a edição da Oficina de Música de Curitiba. O festival tem se afirmado como um dos mais relevantes festivais de verão do Brasil e já conta com 1800 inscritos para quase 100 cursos.

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/12/1838170-greca-quer-cancelar-festival-de-musica-de-curitiba-a-um-mes-da-estreia.shtml

Greca quer cancelar festival de música de Curitiba a um mês da estreia - 03/12/2016 - Ilustrada - Folha de S.Paulo

A Oficina de Música de Curitiba, que tem se consolidado como um dos mais importantes festivais brasileiros de verão, está com sua 35ª edição ameaçada.

 

 

Mais Lidas