IGREJAS EVANGÉLICAS PODEM AJUDAR O PREFEITO EM AÇÕES SOCIAIS

Bernardi piegelBernardi e Requião Filho no encontro com os pastores e líderes evangélicos. (Foto: Tiquinho)

 

Os candidatos a prefeito, Requião Filho, e a vice-prefeito, Jorge Bernardi,  da Coligação Curitiba Justa e Sustentável – PMDB/Rede, mantiveram, nesta segunda (26), encontro com pastores  e líderes religiosos de diversas igrejas evangélicas para falar sobre propostas de governo que defendem para Curitiba. Durante o encontro, que contou também com a participação do senador Roberto Requião, o candidatos defenderam a necessidade de se firmar parcerias com as entidades religiosas, especialmente em ações na área social. 

Requião Filho reforçou a necessidade de se firmar parcerias efetiva com as igrejas e de se pensar em ações que tenham como foco as pessoas. “Precisamos dar mais atenção à questão social e ter imparcialidade com todas as religiões que desejam colaborar para fazer de Curitiba uma cidade melhor”, disse o candidato.

A Prefeitura é para todos

Reforçando o papel de que o prefeito e aquele que serve a todos e não a uma parcela da população, Requião Filho lembrou, ainda, que a Prefeitura tem que ter o que ele chama de "sensibilidade social". E explicou: “Devemos ver o que é a Caximba, o que é a Vila Tiradentes, e entender o que aquelas pessoas precisam". Então o candidato concluiu: "A Prefeitura existe para servir as pessoas”.

Requião Filho também falou sobre as propostas nas áreas de saúde, educação e da necessidade de se rever as licitações ganhas por grupos poderosos que estão drenando o orçamento de Curitiba, como é o caso do transporte coletivo e da coleta de lixo. O senador Requião Filho, pai do candidato, lembrou que quando foi prefeito (1986-1988), recebeu no gabinete um pastor que se ofereceu para ajudar em um grande projeto social. “Quando recebi o pastor Pimentel, perguntei-lhe qual era a demanda. E me surpreendi com a oferta de ajuda para levantar a Escola de Meninos e Meninas, onde desenvolvemos um belo trabalho de educação formal e oferecemos várias oficinas”, relembra.

O senador também reforçou a necessidade de priorizar as pessoas em detrimento aos interesses dos grandes grupos. “A mudança é difícil, mas possível. Não vai ser fácil, mas com foco nas pessoas podemos evitar uma regressão na administração pública, que hoje está sendo comandada por interesses de grandes grupos, que esquecem as periferias”.

O candidato a vice-prefeito, Jorge Bernardi, reforçou o papel da sustentabilidade na nova administração de Curitiba. "É preciso defender o ambiente e as pessoas para que haja uma harmonia entre o ser humano e a natureza", disse. E também insistiu para que aos contratos com os grandes sugadores do orçamento municipal sejam revistos. "Não e possível existir contratos como o que rege o transporte coletivo e a coleta de lixo em Curitiba", criticou. 

Requião Filho PiegelRequião Filho aos pastores evangélicos: "Vamos contruir uma ponte rumo à solidariedade com as pessoas". (Foto: Tiquinho)

Mais Lidas