Sessão Ordinária do dia 25/02 – Perguntas ao Secretário Fábio Scatolin

O Sr. Jorge Bernardi:- Quero agradecer os nossos colegas da Administração Municipal e fazer três perguntas: (I) A primeira, eu gostaria de saber qual foi a metodologia utilizada para se chegar a uma tarifa técnica do metrô de dois reais e quarenta e cinco. Esse seria o preço máximo que poderia ser cobrado pela empresa que ganhar a licitação? E se os senhores admitem que esse preço pode ser menor, ou seja, a empresa que ganhar dar um desconto de 5%, 10%, até 20% nesse valor. A segunda pergunta é: como será feita essa PPP? Haverá uma empresa municipal gerindo? Uma companhia metropolitana? Ou essa tarefa continuará sob a responsabilidade da Urbs, cuja natureza jurídica, uma empresa de economia mista, está sendo questionada pelo Tribunal de Contas, uma vez que ela tem finalidade lucrativa. E a terceira pergunta: gostaria de saber qual o cronograma da licitação e do início das obras e da entrega desse trecho que será licitado? Se as empresas que estão sendo denunciadas, fornecedoras de trens de São Paulo, do governo do PSDB, por formação de cartel e corrupção, elas poderão participar dessas licitações aqui em Curitiba. Era isso. Muito obrigado.