Sessão Ordinária do dia 18/02 – sobre a secretária Luiza Simonelli

O Sr. Jorge Bernardi:- Quero inicialmente cumprimentar a Secretária, ela que nessa escuridão do poder público municipal é uma verdadeira luz, podemos assim dizer. Como disse há pouco o nosso colega, Vereador Mauro Ignacio e muitos outros colegas aqui, que levantaram a sua voz na semana passada em função de críticas infundadas que V. Exa. sofreu. Quero dizer também que conhecemos a sua seriedade, a sua competência nessa área e confiamos em V. Exa. Tenho três perguntas, a primeira talvez a senhora já tenha respondido, sobre a situação desses quinhentos funcionários da Urbs, que hoje estão na Secretaria, esses agentes de trânsito, eles ficarão num cargo em extinção? Hoje é o Município que está pagando a Urbs esses funcionários ou terá alguma forma, que acho difícil juridicamente, de eles continuarem a exercer dentro dos novos cargos que criamos nesta Casa, os mil cargos. A segunda pergunta é a respeito desses mil cargos. Gostaria de saber qual é o número de agentes que deverão ser selecionados nesse próximo concurso público? Como V. Exa. falou eles não chegarão ao trabalho antes da Copa do Mundo, mas isso é para o próprio Município de Curitiba. Gostaria que a senhora nos informasse qual é o valor das multas, quantos milhões estamos arrecadando anualmente com todos os tipos de multas de trânsito? E a quarta pergunta diz respeito a situação de como é que funciona esse sistema de defesa prévia? Sabemos que temos um sistema de defesa prévia de multas e depois tem o Jari. Hoje o Jari funciona na própria Secretaria ou ele vai para o Detran? Há alguns anos, muito antes da senhora assumir, eu fui uma vez fazer uma vistoria lá, para ver como era a defesa prévia. Tinha uma banca de estagiários e eles só carimbavam, nem olhavam nada do que estava acontecendo e negavam todos os recursos. Gostaria de saber como é hoje (A) esse processo de defesa prévia e do JARI das multas. Muito obrigado.