Coluna do Jorge Bernardi: Quem tem medo de Sérgio Moro?

bernardimoro

 

Quando eu era menino, no interior de Santa Catarina, a noite jogávamos bola na rua, o único lugar iluminado onde podíamos brincar. As crianças de Herval d’ Oeste e Joaçaba, tinham medo e respeito pelo sargento Miranda, que fazia a ronda numa DKV cinza.

Não tínhamos medo dos carros e do perigo que eles representavam. Mas, com o sargento Miranda, era diferente, ele tinha autoridade, podia levar os adolescentes ao Juizado de Menores.

O Brasil possui 14 mil juízes de direito atuando nos órgãos judiciários. Há juízes e juízes! Se todos tivessem a coragem cívica do juiz Moro para colocar no cárcere malfeitores do colarinho branco, a história deste país certamente seria diferente.

O exemplo positivo de magistrado, Sérgio Moro, é ofuscado, na mesma Justiça Federal, pelo mau exemplo do juiz Flavio Roberto de Souza, que atuava no caso do Eike Batista. O juiz foi flagrado desfilando, no Rio de Janeiro, com o Porsche do empresário acusado de estelionato, apreendido a mando do magistrado.

Felizmente maus magistrados são raros. A grande maioria dos juízes cumprem com o seu dever e exercem com zelo o ato de julgar, apesar das dificuldades de alguns para condenar alguém de sua classe social.

Nós brasileiros costumamos dizer que cadeia é para pobre, e para os que não tem dinheiro para pagar bons advogados. Que a justiça é lenta para os ricos e rápida para os menos afortunados, todos sabem. As pesquisas comprovam que, os mais de 600 mil presos de nosso país, além de pobres, são negros ou pardos (62 %), e com pouca escolaridade (58 % possuem apenas ensino fundamental).

Mas juiz Sérgio Moro está mudando com este paradigma de que criminosos ricos e poderosos não vão para a prisão. Aos envolvidos na Operação Lava Jato, ele já decretou 51 prisões preventivas, outras 51 prisões temporárias, e aceitou denúncia contra 138 envolvidos em falcatruas contra a Petrobras. Em pouco mais de um ano, ele já condenou 36 réus. Suas decisões eminentemente técnicas ainda não foram reformadas por instâncias superiores do judiciário.

Afinal quem tem medo de Sérgio Moro? A resposta é simples, todos aqueles que cometeram crimes e que acreditavam estar acima da lei, por possuírem poder político ou boa condição financeira. Eles têm muito medo de Sérgio Moro.

O juiz da 13ª. Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba está fazendo história. Haverá um tempo em que todos temerão a lei, e será normal as autoridades fazerem justiça para pobres e ricos.